Plataforma e Tecnologia

Antifraude para e-commerce: veja a impotência e como aderir

antifraude para e-commerce

Segurança é uma prioridade quando falamos de transações online. Por isso, lojas virtuais devem contar com tecnologias antifraude para e-commerce. Esses recursos ajudam a manter toda operação protegida, o que gera uma relação de confiança com o consumidor.

Não são raras as notícias de vazamento de dados de usuários da web. Isso pode acontecer se a infraestrutura de site utilizada não for robusta. Um bom sistema antifraude permite uma proteção baseada em monitoramento contínuo e automação. Isso significa que qualquer comportamento suspeito ativa os mecanismos de proteção.

Ter esse nível de segurança é, atualmente, uma obrigação para as lojas virtuais. Por isso, neste conteúdo vamos detalhar mais os sistemas antifraudes e como eles podem ser benéficos para um negócio online. Confira!

O que é um sistema antifraude?

O sistema antifraude para e-commerce é um mecanismo de proteção que atua monitorando uma loja virtual. Nesse trabalho, ele dá suporte contínuo para que o ambiente seja protegido, fazendo isso de modo ativo. Assim, é possível detectar qualquer ameaça em tempo real e evitar maiores problemas.

Essas tecnologias funcionam para os dois lados: usuário e empresa. Para quem está realizando uma compra online, os mecanismos protegem, principalmente, dados. Informações pessoais e financeiras se mantêm seguras, evitando que consumidores sofram golpes.

Já para as empresas, a responsabilidade é ainda maior. Além de proporcionar um ambiente seguro para seus clientes, ela também garante estabilidade do site. Esses dois fatores são fundamentais para o engajamento do consumidor e para a credibilidade das marcas.

Em algumas ocasiões, as empresas podem perder dinheiro com ações fraudulentas. Nesses casos, o prejuízo vem por meio de pedidos de estornos, o chargeback, por parte de pessoas que tiveram seus dados roubados e utilizados para realizar compras online.

Por isso, e-commerces precisam ter um trabalho eficaz de certificação de usuários, garantindo que não haja esse tipo de transação indevida.

Como funciona o sistema antifraude para e-commerce?

Um sistema antifraude para e-commerce é uma solução que funciona totalmente automatizada. Uma vez integrada à loja virtual, a ferramenta de segurança passa a monitorar continuamente toda atividade que acontece no site.

A seguir, entenda os parâmetros que um sistema focado em evitar fraudes usa para analisar diferentes situações.

Análise de dados e comportamento do usuário

O sistema antifraude analisa o comportamento do usuário enquanto comprador. Principalmente se há um histórico já registrado daquela pessoa, é possível entender se a tentativa de compra é suspeita. Por exemplo, uma compra muito acima do ticket médio do consumidor pode ser um motivo para um cancelamento da transação.

Monitoramento do ambiente do site

O monitoramento ativo do site também é uma importante atividade do antifraude para e-commerce. Afinal, se há alguma tentativa de sobrecarga de solicitações para que a segurança da página falhe, o sistema consegue identificar isso. Esse é um tipo de ataque muito comum, mas que pode ser evitado com um monitoramento.

Criptografia de dados

A criptografia é uma funcionalidade indispensável e muito comum nos dias atuais. Ela é uma espécie de decodificação de toda informação que vai do usuário para o site e vice-versa. Por exemplo, isso evita que um hacker consiga acessar os dados do cartão de crédito do cliente, mesmo que haja alguma invasão na conta dele.

Qual é a importância do antifraude para e-commerce

Há muitos fatores envolvidos quando tratamos de segurança em e-commerce. Primeiramente, é claro, a questão da segurança de dados se faz fundamental. A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) impõe a necessidade de as empresas terem maior responsabilidade no gerenciamento de informações pessoais de usuários.

Da mesma forma que há uma expectativa por parte dos órgãos regulatórios, há também a preocupação por parte dos consumidores. Afinal, ninguém quer que suas informações pessoais e confidenciais fiquem disponíveis para qualquer pessoa. Por isso, se uma empresa é capaz de oferecer segurança, ela ganha em troca a credibilidade.

Quais são os tipos de sistema antifraude para e-commerce?

Implementar uma política antifraude é um trabalho extenso. Há vários sistemas diferentes que funcionam para garantir a segurança. Naturalmente, eles trabalham integrados e de maneira simultânea. Só assim é possível ter toda a proteção necessária, sem brechas ou interrupções.

A seguir, veja quais são as principais soluções antifraudes e como elas funcionam!

1.Validação de código de segurança dos cartões de crédito

O código de segurança é um recurso simples, mas altamente eficaz na segurança de transações online. Os três números do verso do cartão são solicitados no checkout, na hora de realizar o pagamento. Assim, há menores chances de terceiros utilizarem credenciais de outras pessoas sem autorização, já que o número fica impresso no cartão.

2. Rastreamento dos dispositivos de compra

Com essa funcionalidade, os e-commerces conseguem saber de onde a compra está sendo feita. A localização geográfica é cruzada com os dados do comprador e com seus registros de últimas compras, caso ele tenha. Se houver alguma disparidade, a transação é impedida automaticamente.

3. Registros em bancos de dados

Essa é uma análise mais generalista, que verifica todos os dados do cliente registrados tanto no site quanto na administradora do cartão. A ideia por trás disso é entender se há alguma diferença que chame a atenção. Se esse for o caso, a compra não é autorizada.

4. Definição de grau de risco na venda de um produto

A análise de grau de risco é uma parametrização que serve para classificar cada compra. Quanto mais caro for o produto, maior é o rigor aplicado para avaliar aquela compra. Isso pode levar ao cancelamento da transação ou a um contato instantâneo com o consumidor para confirmar alguns dados e a intenção de compra.

5. Serviço de verificação de endereço

É uma funcionalidade simples de cruzamento de dados. Duas análises são feitas:

  • o endereço informado é comparado com os endereços que o usuário já cadastrou na loja virtual;
  • o endereço de entrega é comparado com o endereço de cobrança.

Se houver alguma divergência relevante nessas informações, há a chance de ser uma transação fraudulenta.

O que considerar na hora de escolher um sistema antifraude?

Escolher uma boa solução depende de alguns fatores importantes. Por isso, o melhor a ser feito é analisar cada um deles antes de fechar uma contratação. Confira a seguir o que deve ser avaliado!

Custo-benefício

É preciso entender o quanto o serviço vai custar para a loja virtual. Independentemente de preço, o importante é que esse sistema seja capaz de entregar com eficácia as funcionalidades de segurança necessárias. Se isso pode ser cumprido e o valor cabe no orçamento, então o custo é válido! 

Oferta de suporte

Suporte é sempre fundamental na contratação de qualquer serviço digital. Geralmente, ele é oferecido, mas nem sempre atende da maneira que se espera. Por isso, o contratante precisa se informar sobre a disponibilidade desse suporte, quais canais de contato, como ele age e qual o idioma da equipe de atendimento.

Integração à plataforma de loja virtual

Essa é uma questão funcional básica: é necessário que a solução em questão tenha integração com a plataforma utilizada. Do contrário, simplesmente não será possível realizar o uso, o que seria dinheiro jogado fora!

Funcionalidades de segurança

A solução tem todas as funcionalidades esperadas? Entre as que você viu neste conteúdo, é importante que a maioria delas sejam disponibilizadas no sistema que você pretende contratar. Isso garante uma cobertura de segurança completa.

Quais são as principais ferramentas antifraude para e-commerce?

Há algumas boas opções de empresas que oferecem ferramentas antifraude para e-commerce. Listamos as principais a seguir, confira!

Konduto

Especialista em pagamentos online, a Konduto está desde 2014 no mercado de segurança para e-commerce. Ela baseia seu serviço em um monitoramento e análise de tráfego que permite entender o perfil de cada pessoa que visita uma loja virtual. Assim, fica fácil detectar qualquer atividade suspeita, caso haja.

ClearSale

Líder de mercado, a ClearSale atua em diferentes segmentos, inclusive, no e-commerce. Toda essa expertise permite entender quais são as necessidades das lojas online e quais tipos de ameaças esses sites precisam lidar.

A ClearSale trabalha com soluções de diferentes tipos, sempre com foco em dar ao e-commerce a liberdade de definir parâmetros de segurança e monitorar as atividades. Um de seus produtos, o Start, é uma solução simples e altamente eficaz, principalmente porque consegue se integrar com qualquer plataforma de loja virtual.

FControl

A Fcontrol é uma empresa de anos de mercado e com vasta experiência. Isso a coloca entre as principais opções de soluções antifraude. Além disso, seu destaque se dá pelo fato de ela vender soluções personalizadas para cada negócio. Assim, as empresas podem escolher o nível de proteção desejado e ter mais flexibilidade na hora de permitir algumas compras.

Assim como a ClearSale, a Fcontrol também oferece uma vasta opção de integrações com as principais plataformas de loja virtual do mercado. Isso significa que você pode ter acesso a esse serviço, sem enfrentar nenhuma restrição.

BigData Corp

Outra grande referência, BigData Corp, por meio do Big ID, atua de maneira única, ao definir sua cobertura de segurança por meio de um questionário simples.Com as respostas, a empresa monta uma solução personalizada para a empresa, sem tempo mínimo de contratação.

Em suas funcionalidades, a empresa oferece monitoramento de atividades e comportamento do usuário, auditoria do sistema, validação automática, entre outros pontos.

De modo geral, manter uma empresa atuando online requer alguns esforços. Parte deles, sem dúvidas, deve ser dedicado à experiência do usuário, e isso passa por segurança. Por isso, ter um bom sistema antifraude para e-commerce é essencial. Isso gera proteção de dados e ainda aumenta o engajamento do consumidor!

Um e-commerce seguro começa por uma plataforma de qualidade. A Simplo 7 oferece isso, tendo integração com soluções antifraude, como ClearSale e Fcontrol, que você viu neste conteúdo. Entre em contato conosco e saiba mais!

 

Você pode gostar também

Nenhum comentário

Deixe uma resposta