Loja Virtual

Quanto custa abrir uma loja virtual? Tire suas dúvidas!

Ressurgindo da crise, o comércio brasileiro voltou a mostrar sinais de vida nos últimos anos e a modalidade que tem se destacado é o comércio eletrônico. Segundo dados da Serasa Experian, o e-commerce cresceu 12% em 2017 e tem projeção para 15% em 2018. Se você quer aprender a calcular quanto custa abrir uma loja virtual para estimar o sucesso que esse investimento pode lhe trazer, está no lugar certo!

Para o post de hoje, trouxemos informações fundamentais para quem deseja ingressar nesse mercado: vamos falar sobre como se preparar para o e-commerce e também sobre as despesas que fazem parte da criação de uma loja online. Confira!

Como se preparar para o mercado online?

O primeiro passo para ter sucesso com sua loja virtual é pesquisando bastante para descobrir se o produto ou serviço que você pretende oferecer tem qualidade e é capaz de resolver o problema de seu público-alvo.

Nesse sentido, é fundamental definir seu mercado potencial, se colocar no lugar do consumidor, pesquisar as soluções que a concorrência já oferece e, principalmente, avaliar e se preparar para os riscos de iniciar um empreendimento.

Quanto custa abrir uma loja virtual?

Uma vez que há uma variedade enorme de negócios online, não dá para chegar a um número específico que contemple todo tipo de loja. Além do mais, muitos desses processos podem ser feitos por você mesmo ou por profissionais contratados.

Sendo assim, listamos aqui processos fundamentais da abertura de e-commerces que você precisará levar em conta para que sua loja virtual funcione bem, seja qual for seu produto.

Legalização do negócio

Passo fundamental para a abertura de qualquer empreendimento é sua legalização. É importante abrir um CNPJ para sua loja virtual na modalidade de empresa mais adequada para seu negócio, levando em consideração sua renda anual.

Caso você esteja planejando uma renda anual de até 60 mil reais por ano, a MEI é ideal, uma vez que conta com uma baixa tributação.

Os custos da legalização do negócio, caso você contrate um contador para fazê-la, podem variar de mil a 3 mil reais.

Criação de uma plataforma e-commerce

Para esse passo, é possível desenvolver a plataforma você mesmo — caso você tenha o conhecimento técnico  ou mesmo contratar um especialista para tanto. O serviço pode custar de 4 a 20 mil reais, varia de acordo com as funcionalidades que você precisar para sua loja.

Apesar do alto investimento, você garantirá um serviço de qualidade e também se livrará de uma série de questões técnicas, podendo se concentrar mais em outros aspectos da gestão de seu negócio.

Marketing

Antes de fechar uma venda, você precisa fazer com que o cliente acesse o site de sua loja. Essa etapa de aquisição de clientes deve ser muito bem planejada, já que suas vendas serão diretamente proporcionais ao número de acessos.

Sendo assim, é fundamental que você invista em marketing digital para sua loja, seja por meio de estratégias em redes sociais, mídias pagas ou técnicas de SEO no próprio site. Os custos para contratar profissionais especializados em marketing digital vão de 3 a 10 mil reais.

Estoque

Para agilizar a entrega dos produtos de sua loja e garantir a disponibilidade dos produtos, você precisará montar um estoque. É importante que, ao montá-lo, você leve em consideração suas metas de vendas para os próximos meses.

Os custos dessa etapa dependem exclusivamente da quantidade e do preço dos produtos que você pretende adquirir ou dos materiais necessários para produzi-los. De todo modo, você também pode recorrer ao dropshipping como alternativa.

Descobriu quanto custa abrir uma loja virtual e acredita que o e-commerce pode ser seu próximo passo para alcançar sucesso financeiro? Então, entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo a colocar seus planos em prática.

Você pode gostar também

Nenhum comentário

Deixe uma resposta