Marketing

Essas são as 4 principais tendências de marketing para seguir em 2018

Todos os dias centenas de milhares de especialistas em marketing do mundo inteiro quebram a cabeça pensando em novas estratégias para a área. Por isso, quem quer se tornar um empreendedor de sucesso tem de acompanhar as tendências de marketing.

Essa é a única forma de estar preparado para as mudanças do mercado. Além de, claro, manter as vendas da empresa sempre em alta.

Quer saber mais sobre quais estratégias de marketing vão se destacar em 2018? Continue acompanhando este post!

1. Mídia digital out of home para acompanhar o comprador

A atenção de um futuro comprador é fortemente disputada no ambiente digital. São anúncios surgindo a todo momento na tela, conteúdo feito sob medida e vídeos promovendo produtos. Para se destacar, alguns negócios estão investindo em mídia digital out of home.

Nesse tipo de marketing, os produtos são mostrados aos consumidores em locais públicos. O anúncio pode ser visto na sala de espera do médico, por exemplo. Assim, ele ultrapassa as barreiras do smartphone e do computador. Essas mídias podem ser divididas em três tipos:

  • alto impacto: monitores de grande porte ao ar livre, como na parte de trás de uma banca de jornal;
  • ponto de venda: telas instaladas em supermercados, shoppings ou restaurantes;
  • audiência cativa: monitores em elevadores, ônibus e aeroportos, por exemplo.

Ficou na dúvida se essa é uma boa aposta? Estes cases (em inglês) provam que a estratégia funciona mesmo.

2. Marketing pelo engajamento e pela humanização

Atrair um cliente por meio do marketing não se resume a colocar seu produto em frente aos olhos do público. É preciso fazer que um futuro comprador se sinta engajado. Foi a partir dessa premissa que nasceu o marketing pelo engajamento (ou marketing humanizado).

Para fazer essa aproximação com o cliente, é preciso conhecê-lo bem. Você pode transformar aquilo que seria uma peça publicitária em uma narrativa, por exemplo. Com o storytelling, fica mais fácil desenvolver conexões duradouras, emocional e racionalmente.

Só assim a marca e o produto vão deixar de ser, simplesmente, algo a ser comprado. Com essa abordagem, eles se transformam em parte da vida do cliente.

3. Chatbots são uma das tendências de marketing

Grande parte do trabalho de atendimento ao cliente envolve a resolução de problemas. Quem entra em contato com a empresa, quer uma resposta rápida (na verdade, imediata) e quer ser bem atendido. Uma solução prática que tende a crescer é o chatbot.

Por definição, é um programa de computador que responde às perguntas dos usuários, mas ele é mais do que isso. Trata-se de um software de comunicação automatizada, que pode ter inteligência artificial — e aprender com a interação.

Em um cenário em que clientes com dúvidas similares querem respostas imediatas, essa é uma tendência que agrada a empreendedores e a usuários.

4. Inteligência artificial para otimizar processos

Usar esse tipo de tecnologia é mais fácil do que você pensa. Não é preciso, por exemplo, ter um conhecimento aprofundado de programação. O chatbot é uma das aplicações para inteligência artificial no marketing, mas há outras possibilidades. Você pode:

  • prever o comportamento do consumidor;
  • ensinar um software a tomar decisões com base em big data;
  • automatizar o gerenciamento de comunidades;
  • fazer curadorias personalizadas;
  • otimizar anúncios.

E essas são apenas algumas das aplicações possíveis. A inteligência artificial deixou de ser uma tecnologia da ficção científica para se tornar parte do nosso dia a dia.

Quem pretende se tornar um empreendedor de sucesso deve estar sempre atento às tendências de marketing. Ideias como a mídia digital out of home, o marketing humanizado, o chatbot e a inteligência artificial podem transformar um negócio. É a diferença entre chegar perto e alcançar, de fato, o sucesso.

O conteúdo foi útil para você? O que acha de mostrá-lo para os seus amigos? Compartilhe-o nas suas redes sociais!

Você pode gostar também

Nenhum comentário

Deixe uma resposta