Loja Virtual

Gestão de e-commerce: melhores práticas para você vender mais!

Como qualquer empreendimento, uma loja virtual precisa ser bem administrada para ter sucesso. Então, a gestão de e-commerce é fundamental que o negócio seja sustentável. Em meio ao período de crise, muitas pessoas estão optando por investir em lojas virtuais, considerando ser uma opção mais “fácil”.

Embora em alguns pontos realmente seja, engana-se quem pensa que basta colocar um site no ar, com os produtos devidamente cadastrados, para conseguir vendas e crescer no ambiente virtual. Saber como gerenciar uma loja virtual é etapa fundamental para o sucesso de um negócio.

Justamente por falhas básicas cometidas no gerenciamento, vários gestores acabam abandonando seus e-commerces logo nos primeiros meses. Sem planejamento, comprometimento e dedicação, as chances de insucesso são gigantes.

Pensando nessas questões, listamos os pontos mais importantes que devem ser observados por qualquer pessoa que pretende gerenciar uma loja virtual com sucesso.

Cuidados Básicos para gerenciar um e-commerce

Para comandar um e-commerce, é preciso atuar em várias frentes, desde a busca por um novo cliente, passando pela experiência que este terá em seu site, até o momento da compra e da entrega.

Esteja sempre atento aos mínimos detalhes relacionados a estoque, processamento, pagamentos, atendimento, análises métricas de visitas, conversão do site e toda a partida burocrática. Todos os processos precisam ser acompanhados de forma minuciosa.

Organização é fundamental

As lojas virtuais costumam ter operações enxutas, sendo assim, além de ser multitarefa, é preciso que você seja muito organizado. Mantenha o controle sobre o estoque, as vendas, os pedidos e as entregas. Seja em uma planilha ou no papel, o importante é não deixar passar nada.

Acompanhamento dos resultados

Quando o assunto é análise de resultados, o primeiro indicador lembrado é o número de vendas, não é mesmo? Mas, embora seja importantíssimo, ele não é o único que deve ser acompanhado com atenção. O número de visitas, o tempo médio, as páginas mais visitadas, os termos mais procurados, tudo deve ser mapeado no site. Afinal, toda informação é útil e pode ajudar você a direcionar sua gestão.

Cuidado com as finanças

Vender muito nem sempre significa vender bem. Por isso, para saber se seu negócio está caminhando corretamente, faça um planejamento das despesas e das receitas e mantenha o controle do fluxo de caixa.

Fornecedores confiáveis

O cliente tem sempre razão, certo? E, em caso de falhas, ele não vai querer saber de quem é a culpa, mas sim cobrar de sua loja. Por isso, é importante buscar referências antes de fechar contratos com novos fornecedores. Tenha sempre mais de uma opção na manga.

Prevenção para a hora da entrega

Não fique refém dos Correios ou de uma única transportadora. Em períodos de pico de vendas, como no Natal, esses meios costumam falhar e atrasar. Isso sem contar os imprevistos como estradas interditadas, possíveis greves ou até mesmo chuva.

Administrando a loja virtual

Antes de qualquer coisa, você precisa saber quais são os produtos que você tem disponíveis em sua loja e organizá-los da melhor maneira possível. Quanto maior a variedade, mais trabalho você terá com essas tarefas.

Categorias da loja

Além do cadastro, é necessário que todos os produtos estejam organizados por categorias, para facilitar a busca do cliente. Cuidado para não exagerar, pois o excesso de divisões pode confundir o usuário e tornar a navegação mais cansativa.

Após concluir o processo de cadastro e categorização, será necessário fazer uma averiguação quinzenal ou mensal para saber se não há nenhum tipo de erro ou algo que possa ser melhorado.

Cuidados com o estoque

É preciso que haja um controle da quantidade dos produtos que você tem em seu estoque, além de uma verificação daqueles que mais e menos estão sendo vendidos. Caso o fluxo de vendas esteja grande, é interessante buscar um sistema que gerencia seu estoque.

Novidades

Esteja sempre atento ao mix de produtos que sua loja oferece. Caso haja alguma nova tendência no mercado ou alguma nova necessidade do consumidor, é interessante que você busque e ofereça na loja.

Gerenciamento de pedidos, envio e logística

Tanto para o cliente quanto para o dono da loja virtual, o momento em que o produto chega em seu destino é um dos mais gratificantes. Mas, até chegar a essa etapa, é necessário um processo que exige muita atenção e responsabilidade.

O responsável pelo e-commerce precisa conferir cuidadosamente qual bem foi adquirido e fazer a separação no estoque. Uma vez embalado e etiquetado com o nome e o endereço do cliente, ele deve ser enviado para os Correios ou para a transportadora e despachado de acordo com a modalidade de frete escolhida.

A palavra-chave nessa etapa é: atenção. Confira tudo, mais de uma vez se necessário. Enviar um pedido errado pode sair caro para a loja virtual, já que ela é obrigada a fazer a troca ou devolver o dinheiro.

Emissão de nota fiscal

Toda empresa precisa emitir notas fiscais, controlar o fluxo de caixa e ter anotados todos os gastos, receitas e investimentos. Seja como microempresa ou como microempreendedor individual, é preciso buscar a ajuda de um contador para se informar melhor sobre quais impostos precisam ser pagos e sobre a burocracia relacionada ao negócio.

Divulgação da loja virtual

Para ser lembrado e conseguir boas vendas, é preciso sempre buscar novos visitantes para conhecer o e-commerce, além de fidelizar aqueles que já compraram por lá. A divulgação pode ser feita de muitas formas, mas algumas se destacam e trazem um ótimo retorno:

Mídias sociais

As empresas devem estar presentes nesse importante canal de relacionamento com o cliente, criando conteúdo e gerando engajamento com o público-alvo.

Blog para e-commerce

É um investimento de longo prazo, mas pode ser uma importante ferramenta para o crescimento da loja virtual. Crie textos com conteúdos relevantes, que tenham ligação direta com sua loja e que despertem o interesse de seu cliente. Dessa forma, você vai construir um público para seu blog que se converterá em visitante de sua loja virtual e, posteriormente, em comprador.

Newsletter

O e-mail marketing é um canal de comunicação barato e com ótimo retorno em vendas. A frequência de envios pode ser semanal ou mensal, mas o importante é segmentar o público e enviar mensagem certeiras, sempre focando no interesse do cliente e dos inscritos em sua newsletter.

Análise de desempenho

A análise de desempenho do e-commerce é importante para saber se suas estratégias de marketing estão surtindo o resultado esperado. Essa é uma atividade importante e que muitos gestores acabam deixando de lado na hora de administrar a loja virtual.

Ao menos uma vez por mês, é preciso verificar os acessos e o comportamento dos usuários na loja, no blog, nas redes sociais e nas newsletters enviadas. Analise e tente entender os produtos que mais despertam o interesse do comprador, a etapa da venda em que as pessoas mais desistem da compra e os possíveis motivos.

Avaliação dos serviços prestados

Ninguém melhor que o cliente para dizer se o atendimento em sua loja virtual é bom, falho ou para informar pontos que podem ser melhorados. Por isso, questione-o.

Isso pode ser feito por meio de avaliações no site ou por meio dos e-mails de follow up após a compra. Veja a opinião do cliente sobre o atendimento, o preço, a concorrência, a facilidade na busca de produtos, a entrega, etc. As respostas facilitarão sua vida na hora de corrigir problemas.

Metas e plano de negócios

O mercado está sempre mudando e, no ambiente digital, isso acontece de maneira ainda mais rápida. Então, é importante que, pelo menos uma vez ao ano, o gestor confira se as metas do negócio se concretizaram e tente identificar o que foi feito de certo e de errado para chegar ao atual momento do negócio. É preciso traçar novas metas, reformular o que deu errado, melhorar o que funcionou e se renovar, sempre.

Saber gerir um e-commerce corretamente é o que diferencia empresas que estão surfando na onda da internet de empresas profissionais. Por isso, é importante que você se atente aos pontos que listamos neste artigo.

Agora que você já sabe tudo sobre gestão de e-commerce, que tal conversar com um de nossos consultores e entender melhor como podemos ajudar sua loja a ter mais resultados? 

Você pode gostar também

Nenhum comentário

Deixe uma resposta