Formas ou Meios de Pagamentos Loja Virtual

Rastreamento no e-commerce: descubra como implementar

Rastreamento no e-commerce ilustração

Não é novidade para ninguém que a qualidade da logística de um comércio eletrônico impacta diretamente nos resultados do negócio. Afinal, quando o cliente recebe a encomenda dentro do prazo, fica satisfeito com a compra, aumentando as chances de voltar a encomendar e de recomendar a experiência para seu círculo de amigos. 

Nesse contexto, um dos pontos que colabora para a satisfação do consumidor é o rastreamento no e-commerce. Assim, o cliente tem como monitorar as etapas de entrega e sabe quanto tempo falta para ter o produto em mãos. 

Se você tem um e-commerce e ainda não oferece o rastreamento, aqui está uma ótima oportunidade de mudar! A seguir, explicaremos o que você deve fazer para implementar essa modalidade e falaremos sobre as vantagens das mais diversas formas de entrega para e-commerce. Boa leitura!

Importância de oferecer rastreamento no e-commerce

Sem dúvidas, as lojas que oferecem o rastreamento no e-commerce criam uma relação de mais transparência e confiança com os seus consumidores, uma vez que oferecem a possibilidade de acompanhamento das etapas de entrega do produto. 

Algumas lojas apenas informam o código de rastreio dos Correios, enquanto outras contam com um sistema automatizado no próprio e-commerce que atualiza os clientes sobre o percurso do produto. É claro que a segunda alternativa é mais profissional, uma vez que a própria loja se responsabiliza pela informação.

O rastreamento da encomenda oferece valor agregado ao comércio eletrônico, ou seja, adiciona um serviço que o diferencia dos concorrentes. Apesar disso, não representa um grande investimento para a loja, que pode contar com o sistema de maneira integrada, sem precisar aumentar a sua mão de obra para suprir esse serviço.

Como implementar  um sistema de rastreamento no e-commerce?

Mas, afinal, o que deve ser feito para oferecer o rastreamento no e-commerce? As plataformas mais atualizadas e modernas já oferecem a contratação desta modalidade sem que o gestor do e-commerce tenha que mexer na programação do site. Desta forma, nada precisa ser feito além de incluir o recurso nas funcionalidades da loja.

Vale lembrar que proporcionar o rastreamento da encomenda não significa que a loja virtual terá mais trabalho. Pelo contrário: estará oferecendo um atendimento diferenciado, mas que ocorre de forma completamente automatizada. Com esse sistema, o consumidor será notificado sempre que acontecer alguma alteração do status da sua encomenda. 

Formas de entrega na plataforma Simplo 7

Agora que você já viu que o rastreamento de encomendas é um ponto muito positivo para o e-commerce e para o cliente, vamos falar sobre as formas de entrega? Quando falamos em comércio eletrônico, muitas vezes pensamos apenas nos Correios, mas existem muitas outras alternativas para envios.

Aqui, veja as possibilidades de entregas que a Simplo 7 oferece: 

1. Correios – PAC, SEDEX e outros

Sem dúvidas, esse é o método de envios mais tradicional do Brasil. E faz sentido: os Correios chegam em qualquer lugar, facilitando muito o envio de encomendas para longas distâncias. O PAC é a modalidade mais econômica, enquanto o SEDEX é a mais rápida. 

2. Transportadora Jamef

A transportadora Jamef tem um amplo alcance no território brasileiro. Em geral, o serviço de transportadoras é interessante para empresas que trabalham com um grande volume de vendas, o que as possibilita a negociação de preço. Além disso, produtos frágeis também podem precisar desse serviço. 

3. Frete grátis

A plataforma da Simplo 7 oferece a possibilidade de a loja virtual oferecer frete grátis, de forma que o próprio comércio se responsabiliza pelos custos da entrega. Na maior parte das vezes, essa vantagem é oferecida para compras acima de determinado valor.

4. Retirar na loja

A retirada na loja é uma excelente alternativa para pessoas que moram na mesma cidade da loja onde realizaram a compra. Ao fazerem o deslocamento para buscarem o produto, não precisam pagar pelo frete. 

5. Frete personalizado

O frete personalizado nada mais é do que a possibilidade de o gestor do e-commerce incluir uma modalidade de frete que convém para o negócio, como, por exemplo, os preços e prazos negociados com uma transportadora específica.

6. Motoboy

A entrega por motoboy é bastante comum quando o produto é comida, mas não significa que deva ser usada apenas neste segmento. A grande vantagem desta modalidade é o prazo, já que as encomendas não precisam ir para os Correios.

7. SIGEP Web

Esse é um recurso oferecido pelos Correios para as lojas virtuais que contratarem o cartão Correios Fácil. Com isso, o gestor pode agilizar algumas etapas do envio, imprimindo etiquetas e cadastrando as encomendas antes mesmo de levá-las à agência. 

8. Frete offline

O aplicativo de frete offline consegue fazer a cotação de envio pelos Correios mesmo que o site oficial esteja fora do ar, já que os preços ficam salvos na própria plataforma do e-commerce. A vantagem? Sua loja não deixará de vender nunca! 

Recurso para rastreamento ativo dos Correios

Quando falamos sobre o rastreamento no e-commerce, precisamos lembrar de um recurso dos Correios que ajuda o cliente a acompanhar o trajeto dos produtos que já estão sendo enviados. Trata-se de uma atualização feita em 2018 e que, para funcionar, precisa que o CPF ou CNPJ do consumidor seja informado no momento do envio.

Desta maneira, o cliente pode consultar o rastreamento das encomendas com o seu número de identificação, sem precisar ter aquele código de envio gerado pelos Correios. O serviço é gratuito, porém exige que o portador do CPF ou CNPJ faça um cadastro no site.

O que achou deste conteúdo? Sem dúvidas, implementar um bom sistema de rastreamento de encomendas é uma excelente maneira de oferecer um atendimento transparente e de confiança para os seus clientes. E lembre-se: cliente satisfeito volta para fazer novas compras na loja virtual.

Agora que você já está sabendo tudo sobre o rastreamento, que tal ler sobre a gestão de estoque? Sem dúvidas, o controle de estoque é um ponto muito importante para a saúde de um negócio e, por isso, deve ser levado a sério. Boa leitura!

Você pode gostar também

Nenhum comentário

Deixe uma resposta