Loja Virtual

Como Usar o YouTube para Ganhar Clientes

O YouTube é uma das redes sociais mais acessadas no mundo. Está atrás somente do Google em número de buscas. É a principal referência em conteúdo audiovisual da internet. E não para de crescer.

As pessoas hoje usam o YouTube para os mais diversos fins, como entretenimento, tutoriais, informação e opinião. Com o conteúdo digital migrando cada vez mais para o formato de vídeo, é importante você estar nesse meio ou vai ficar para trás.

Estar presente no YouTube é fundamental se seu objetivo é ser notado e aumentar os lucros. Se sua empresa tem capacidade para gravar vídeos, ter um canal para divulgar material é uma excelente ideia. É uma oportunidade para fazer com que sua mensagem chegue ao seu público.

O primeiro passo para aplicar o marketing de atração é oferecer conteúdo de qualidade, para se tornar conhecido pelos clientes. Fazer vídeos sobre o seu produto, ou tutoriais, é uma maneira de demonstrar sua expertise e se firmar como uma autoridade em sua área, de maneira semelhante ao escrever um blog.

Apesar de muita gente não lembrar dele assim, o YouTube também é uma rede social, que permite interações entre usuários. Um material de qualidade gera comentários que você poderá usar para trazer novos clientes a seu negócio.

Tipos de vídeos no YouTube

Existem diferentes tipos de vídeos que você pode fazer no YouTube, cada um com um objetivo específico.

Existem os vídeos de autoridade, onde o dono do canal mostra dicas, tutoriais. É usado principalmente para mostrar o conhecimento do blog em sua área, e fornecer informação de qualidade para seu público. É um excelente chamariz para novos seguidores.

Vídeos de artigos, que são material que você já fez para o seu blog reaproveitado. Basta criar uma apresentação com slides usando o conteúdo e explicar com uma gravação de voz. É um tipo de vídeo bastante simples de ser feito, porém efetivo.

Você pode fazer vídeos animados, usando ferramentas para criar animações. É uma maneira de fazer vídeos diferentes e cativar sua audiência enquanto expõe seu conteúdo.

Existem vídeo para vendas, feitos para que você consiga vender o produto que deseja. Finja que está falando diretamente com o espectador e use seu material de vendas.

Por fim, existem os vídeos depoimentos, usados para que você ou seus clientes exponham o que pensam sobre seus produtos e sua empresa. Muito cuidado para não fazer com que pareçam falsos ou ensaiados, ou isso vai sujar a imagem de sua empresa. Sempre deixe bem claro quem é a pessoa e o que ela comprou, se se trata de um vídeo de avaliação de um cliente.

Passos para criação de vídeos no YouTube

Se você deseja ter um canal de Youtube para sua empresa, é importante ter um plano, uma estratégia clara do que você pretende com isso. Não se trata apenas de fazer vídeos por fazer, é preciso pensar em uma meta para isso.

Esse é o primeiro passo, tenha um planejamento claro sobre o porquê do canal. Se a meta é fazer vendas, mesmo que num segundo momento, já comece com vídeos que falem sobre sua empresa, sobre a qualidade de seus produtos. Com o tempo, o cliente vai começar a ver que você é a solução para seus problemas.

O segundo passo é a criação de conteúdo de qualidade. E por qualidade é importante pensar tanto nos aspectos técnicos como de informação.

Não faça vídeos tremidos, de jeito nenhum. Coloque sempre a câmera ou celular em um suporte. Grave em lugares silenciosos, de preferência vazios, ou sem movimento de gente, e bastante iluminados. Se possível, use microfone, para ter uma boa captação de som.

Crie sempre uma pauta antes das gravações, com o assunto que será abordado. Fazer um roteiro com o que vai ser dito também é interessante, mas nesses casos cuide para não soar robótico ou travado. Lembre-se que não basta fazer propaganda de seus produtos, é importante trazer informações de qualidade para as pessoas, conteúdo que faça diferença e que elas queiram ver.

Tome cuidado com a duração de seu vídeo. Ele não pode ser longo demais, que vai cansar o espectador. Se o assunto for muito longo, faça uma série de vídeos.

O terceiro passo é aplicar estratégias de SEO nesses vídeos. Sim, você pode usar o SEO não só em sites e blogs, mas também no YouTube. Selecione palavras-chave ligadas ao conteúdo do vídeo, e insira-as no título e na descrição.

O quarto passo é organizar suas pautas de maneiras a ter um calendário de vídeos definido. Isso é importante por dois motivos: deixar seu canal sempre abastecido e permitir que você trabalhe sua estratégia de vendas de maneira mais definida. Não existe um número ideal, mas é importante acostumar seus seguidores com uma rotina de postagens.

O quinto e último passo: faça testes. Novos tipos de vídeos, alguns mais longos, outro mais curtos. Engraçados, sérios. Com animações e slides, outros só de você falando. Mude o cenário dos vídeos as vezes O importante é ver como o público reage.

Parcerias com outros youtubers, em entrevistas ou bate-papos, também podem chamar atenção para seu canal. Você aparecer no canal deles, ou eles no seu canal, é uma maneira de impactar um outro público, e aumentar o seu.

Crie playlists no seu canal de YouTube, unindo assuntos parecidos, ou séries do mesmo assunto. Isso vai facilitar nas pesquisas e permitir ao cliente assistir seus programas como uma espécie de programa de TV.

Favoreça a Interação

Nunca esqueça que o YouTube é uma rede social. Existem comentários e hashtags. Chamadas de ação, para motivar o público a participar. Use todos esses recursos.

Converse com o público, responda suas dúvidas, aceite suas sugestões. Se eles começarem a pedir determinados assuntos, faça vídeos sobre eles. Se não for bem de sua área, convide um youtuber especialista nela para uma entrevista, já fazendo uma parceria.

Conclusão

Apesar de extenso, esse texto tem apenas a ponta do iceberg. Existe muito mais para saber sobre os pontos abordados, aqui temos apenas o panorama geral, se você está planejando um canal de YouTube. Procure mais informações, faça testes no seu canal. O importante é não ficar de fora de uma das redes sociais mais acessadas.

Você pode gostar também

Nenhum comentário

Deixe uma resposta