Loja Virtual

Afinal, quais as diferenças entre inbound e outbound marketing?

Uma das discussões mais acaloradas no mercado atual do marketing é o embate entre inbound e outbound marketing. Alguns afirmam que o outbound morreu, enquanto outros creem que ainda há espaço para as duas técnicas.

Mas você sabe, enfim, o que são e quais as diferenças entre essas ferramentas? De forma generalizada, podemos dizer que o outbound é o marketing em sua forma mais tradicional, enquanto que o inbound é algo mais moderno, que vem se estabelecendo ao longo dos últimos anos.

Para entender tudo sobre esses dois conceitos, quais são suas vantagens e desvantagens e como aplicá-los em benefício da sua empresa, continue conosco neste artigo que preparamos.

O que é outbound marketing?

O outbound marketing é a abordagem mais antiga em termos publicitários. Funciona por meio de uma comunicação ativa e direta, ou seja, a mensagem é entregue ao consumidor, sem que ele precise correr atrás disso.

É aquela inserção publicitária no meio de um programa televisivo, o anúncio que aparece nas páginas de uma revista, o pop-up que salta quando você abre um site, o operador de telemarketing que te liga para oferecer algum produto ou serviço.

Ou seja, outbound significa adotar estratégias mais agressivas e massivas de alcançar o cliente.

Prós e contras do outbound marketing

Por ser mais agressivo, o outbound marketing tem a desvantagem de ser reprovado por parte dos clientes, que podem se sentir incomodados. Afinal, hoje lidamos com consumidores exigentes e que buscam experiências diferenciadas de compra.

Ainda na lista dos contras, o outbound marketing tem como característica a necessidade de um investimento maior por ação e a dificuldade de mensurar resultados de forma precisa.  

Por outro lado, a vantagem é que ele gera resultados mais rapidamente. Como atinge um público maior de uma só vez, costuma resultar em um aumento mais veloz no volume de vendas. Em outras palavras, o retorno sobre o investimento (ROI) do empreendedor também cresce de forma mais ágil.

O que é inbound marketing?

Nascido mais recentemente, o inbound marketing funciona de maneira mais indireta e não aborda o cliente com anúncios e ofertas. Pelo contrário.

Ele se faz presente na hora que o consumidor vai atrás da informação. Ou seja, já é um público qualificado e com maior possibilidade de conversão.

Para tanto, o inbound marketing toma como base a produção de conteúdo atrativo e de qualidade e consiste em preparar o terreno para quando o consumidor aparecer por ali, com a intenção de compra.

Prós e contras do inbound marketing

A abordagem orgânica, somada ao fato de trabalhar com um público previamente interessado, é uma das grandes vantagens do inbound marketing.

Outro pró é o maior controle sobre os custos com a publicidade. Em geral, é possível definir exatamente quanto será gasto em cada ação de divulgação, bem como mensurar os resultados de cada uma delas pontualmente.

Mas existem também desvantagens. Além de ser mais trabalhoso, o inbound marketing não costuma gerar resultados em curto prazo. É preciso mais tempo para que ele se reverta em lucros reais.

Como integrar outbound e inbound?

Em vez de optar por um ou por outro, integrar o inbound e outbound marketing tem sido a estratégia mais recomendada para as empresas que buscam sucesso.

Para tanto, é preciso deixar de pensar no outbound como algo arcaico e obsoleto. Como exemplificamos com o pop-up, ele pode também ser utilizado no ambiente online, com técnicas como e-mail marketing, mala direta e anúncios em redes sociais.

Ao mesmo tempo, é preciso saber desenvolver campanhas com base no inbound marketing, garantindo não só a conversão de leads, como também a fidelização.

Resumindo, não se trata de um contra o outro. Ambas as estratégias devem ser utilizadas de forma associada, extraindo o melhor do que cada uma tem a oferecer.

Como vimos, o inbound e outbound marketing são técnicas complementares que, se bem ajustadas, podem garantir excelentes resultados em termos de lucratividade e desempenho. Para tanto, é preciso contar com uma equipe capacitada, que saiba aliar essas duas frentes, extraindo o melhor dos recursos disponíveis e garantindo resultados condizentes com as metas estabelecidas.

Para mais dicas sobre marketing e como vender mais, acesse e curta nossa página no Facebook.

Você pode gostar também

Nenhum comentário

Deixe uma resposta